"É inaceitável que o Manchester United fique fora dos primeiros lugares", diz Cristiano Ronaldo

Em entrevista à Sky Sports, Cristiano Ronaldo pediu tempo aos adeptos para que o treinador possa implementar as suas ideias. Apesar das dificuldades da equipa, notam-se algumas melhorias, considera.

O internacional português Cristiano Ronaldo afirmou esta terça-feira que seria "inaceitável" para o Manchester United ficar fora das três primeiras equipas na Premier League, numa altura em que o treinador Ralf Rangnick tem tido dificuldades em conseguir resultados positivos.

"O Manchester United deve ganhar o campeonato, ser segundo ou terceiro", disse Ronaldo à Sky Sports, acrescentando que não vê "outra posição possível para a equipa". As declarações surgem dias após uma derrota por 1-0 frente ao Wolverhampton, equipa treinada pelo português Bruno Lage.

O jogador português afirmou que, por vezes, "é necessário destruir algumas coisas para que seja possível construir outras", reiterando esperança na equipa para que esta "possa estar ao nível que os adeptos exigem".

Apesar dos resultados pouco conseguidos, o internacional português apoiou o treinador, em quem acredita para dar a volta à situação. "Chegou há cinco semanas. Mudou muitas coisas mas precisa de tempo para colocar as suas ideias a funcionar dentro e fora do campo", disse Ronaldo, que apelou à paciência dos adeptos. "Sabemos que não praticamos o futebol que devíamos, mas ainda temos muitos jogos para melhorar. Desde que o treinador chegou, acho que estamos melhor em alguns pontos. Mas é preciso tempo", concluiu.

Ralf Rangnick chegou ao Manchester United para substituir Ole Gunnar Solskjaer, que deixou a equipa a 22 pontos do líder, o rival Manchester City.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG