Duas medalhas de bronze e 20 recordes nacionais para Portugal

"É um balanço extremamente positivo", considera Carla Cardoso, treinadora da seleção, no final dos Europeus, que decorreram no Funchal

A Federação Portuguesa de Natação considerou hoje bastante positivos os resultados de Portugal nos europeus de natação adaptada, que decorreram no Funchal e nos quais os atletas lusos conquistaram duas medalhas de bronze e estiveram em 24 finais.

"É um balanço extremamente positivo. Conseguimos duas medalhas, presença em 24 finais, 20 recordes nacionais e muitas marcas pessoais", afirmou Carla Cardoso, treinadora da seleção, no final da competição, que decorreu durante sete dias no Complexo de Piscinas Olímpicas do Funchal.

A prova foi a última de apuramento para os Jogos Paralímpicos Rio2016, para os quais Portugal dispõe de uma quota de participação de três nadadores que, segundo as regras, serão escolhidos pelas suas posições no 'ranking' do IPC.

Segundo Carla Cardoso, é provável que "até final do mês" sejam conhecidos os nomes dos nadadores que vão representar Portugal, que sairão de uma lista de sete nadadores lusos com mínimos paralímpicos.

Seis dos 16 nadadores que representaram Portugal na competição, chegaram ao Funchal já com mínimos - David Grachat, David Carreira, João Pina, Nelson Lopes, Simone Fragoso e Joana Calado -- e Ivo Rocha conseguiu marca paralímpica já na ilha da Madeira.

A técnica lembrou que Portugal teve no Funchal a maior comitiva de sempre em competições internacionais, destacando o facto de "para alguns esta ter sido a primeira grande competição".

"Tivemos vários nadadores a competir pela primeira vez em grandes competições, que foram uns guerreiros", referiu, acrescentando: "Estar a competir em casa é muito bom, mas o ônus da responsabilidade de representar bem o país também pesa muito".

Carla Cardoso destacou o apoio do público, a coesão do grupo e o espirito competitivo que se viveu, admitindo que os Europeus no Funchal "podem ter servido para consciencializar ainda mais as pessoas sobre este tipo de competição".

As duas medalhas de bronze 'portuguesas' nos europeus -- que por serem de categoria 'open' permitiram a participação de nadadores de fora da Europa -- foram conquistadas por David Grachat, nas provas de 100 e 400 metros livres S9.

No Funchal estiveram em competição 453 nadadores, oriundos de 52 países.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG