Djokovic e Murray à procura do primeiro título em Paris

Sérvio tenta completar, por fim, o seu Grand Slam pessoal. Britânico estreia-se na partida decisiva

O tenista britânico Andy Murray apurou-se esta sexta-feira pela primeira vez para a final de Roland Garros, na qual vai defrontar o sérvio Novak Djokovic, que procura terminar este ano a sua "maldição" em Paris (é o único torneio do Grand Slam que lhe escapa).

Murray derrotou o campeão em título, o suíço Stanislas Wawrinka, em quatro 'sets'. O número dois mundial, que nas últimas três edições caiu sempre nas meias-finais, conseguiu subir um degrau mais no 'Grand Slam' francês, ao bater o vencedor de 2015, pelos parciais de 6-4, 6-2, 4-6 e 6-2.

O tenista escocês tornou-se assim no primeiro britânico da Era Open a atingir a final de Roland Garros, na qual defrontará o número um mundial.

Novak Djokovic não teve problemas em derrotar o jovem austríaco Dominic Thiem, 15.º do ranking, em três 'sets', apurando-se pela quarta vez para a final do 'major' francês, que disputou, sem sucesso, em 2012, 2014 e 2015. Se vencer este ano frente a Murray, o sérvio completará por fim o seu Grand Slam pessoal [ganhar cada um dos quatro majors do calendário pelo menos uma vez na carreira].

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG