Penafiel vence Santa Clara e assume liderança provisória

Equipa de Armando Evangelista venceu este domingo em casa o emblema açoriano por 3-0, alcançando a terceira vitória consecutiva, e assumiu a liderança provisória da II Liga, num jogo entre candidatos à subida, da 30.ª jornada.

A incontestada vitória dos penafidelenses teve a assinatura dos três melhores marcadores da equipa: Fábio Abreu, agora com 11 golos, inaugurou o marcador, aos 22 minutos, Gustavo (nove golos) fez o segundo, aos 47, na transformação de uma grande penalidade muito duvidosa, e Fábio Fortes (seis) fez o terceiro e fixou o resultado final, aos 73.

Num jogo repartido e com oportunidades de golo para as duas equipas, o Penafiel teve mais iniciativa e mostrou melhor coletivo, promovendo um futebol apoiado, de pé para pé, ao invés do Santa Clara, uma equipa este domingo mais reativa e que sentiu dificuldades para ligar o seu jogo, privilegiando um estilo mais direto e previsível.

Numa fase ainda indefinida do encontro, Fábio Fortes colocou os locais em vantagem, na recarga a um primeiro remate de Vasco Braga defendido por Marco Pereira, com o avançado penafidelense a ser mais rápido do que o seu marcador.

O Santa Clara, sem grande intensidade, acusou o golo e passou por uma fase complicada, correndo mais atrás da bola e podia ter sofrido mais golos, em remates de Gustavo, aos 28 e 38 minutos, neste último com a bola a acertar o poste, na transformação de um livre direto.

A lesão do influente lateral esquerdo penafidelense José Gomes, que se aguentou diminuído em campo até aos 34 minutos, permitiu um ligeiro despertar do Santa Clara, que aproveitou a troca para se aproximar com perigo da baliza de Ivo Gonçalves, mas Thiago Santana, solto na área, cabeceou por cima e João Reis, a seguir, falhou a baliza por pouco.

A segunda parte arrancou praticamente com o segundo golo, anotado por Gustavo, da marca dos 11 metros, por alegada falta de Marco Pereira sobre Gleison, ficando a sensação de que o guarda-redes do Santa Clara cortou primeiro a bola antes do inevitável choque.

A partir deste momento, a equipa da casa geriu o jogo com bola, aproveitando a falta de pressão dos açorianos, cada vez mais apostados num jogo direto, sendo a exceção um lance aos 71 minutos, iniciado e concluído por Paulo Grilo com um remate perigoso na área, antes de Fábio Fortes, dois minutos depois, numa transição rápida, fixar o resultado final.

Com esta vitória, o Penafiel assumiu provisoriamente a liderança da II Liga, com 53 pontos, colocando-se como um forte candidato a um dos dois lugares de subida.

Jogo no Estádio 25 de Abril, em Penafiel.

Penafiel - Santa Clara, 3-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Fábio Abreu, 22 minutos.

2-0, Gustavo, 49 (grande penalidade).

3-0, Fábio Fortes, 73.

Equipas:

- Penafiel: Ivo Gonçalves, Kalindi, João Paulo, Diouf, José Gomes (Daniel Martins, 34), Romeu Ribeiro, Vasco Braga, Gustavo, Fábio Fortes (Hélio, 90), Fábio Abreu e Gleison (Márcio, 90+4).

(Suplentes: Tiago Rocha, Paulo Bessa, Luís Dias, Daniel Martins, Hélio, César e Márcio).

Treinador: Armando Evangelista.

- Santa Clara: Marco Pereira, Vítor Alves (Paulo Grilo, 64), Accioly, Marcelo Oliveira, Igor Rocha, Pacheco, Rúben Saldanha, Diogo Santos (Clemente, 46), João Reis (Pineda, 78), Thiago Santana e Minhoca.

(Suplentes: Rodolfo Cardoso, Daniel Coelho, Paulo Grilo, Pineda, Kaio Fernando, Stephens e Clemente).

Treinador: Carlos Pinto.

Árbitro: Carlos Xistra (AF Castelo Branco).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Pacheco (21), Igor Rocha (30) e Thiago Santana (90+1).

Assistência: 1.133 espetadores.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG