Benfica B 'segura' vantagem alcançada na primeira parte e vence rival Sporting B

O Benfica B bateu, este domingo, o rival Sporting B, por 2-1, em dérbi da 16ª jornada da II Liga de futebol, com os encarnados a conseguirem segurar a vantagem registada na primeira parte.

Uma vitória preciosa para os encarnados, que assim ultrapassaram os leões (22 contra 21 pontos) na tabela classificativa, fixando-se na 10.ª posição.

O primeiro sinal de perigo foi para os encarnados. O avançado Heriberto recolheu uma bola na zona central, ganhou espaço e rematou forte para a defesa de Pedro Silva. Na recarga de João Félix, Pedro Silva voltou a deter a bola.

Mais rápido e prático na luta pela posse de bola, o meio-campo das águias acabou por dominar o jogo durante a primeira parte, fruto da qualidade dos médios Martin Chrien, Keaton Parks e sobretudo de Gedson, o futebolista encarnado mais incisivo e objetivo a recuperar o esférico e a lançar os seus companheiros para o ataque.

O Benfica abriu a contagem aos 15 minutos pelo inevitável Heriberto. O central Francisco Ferreira atirou à barra e, na oportuna recarga, Heriberto não perdoou.

Cerca de 11 minutos depois foi a vez do central Francisco Ferreira fazer o 2-0. Cruzamento na esquerda de Pedro Amaral e enorme 'fífia' do guarda-redes 'leonino' Pedro Silva a sair dos postes, deixando a baliza escancarada para o cabeceamento de Francisco Ferreira.

A vantagem de 2-0 verificada ao intervalo traduzia o futebol mais prático e objetivo praticado pelas águias.

O Sporting entrou a todo o gás na segunda parte e, aos 48 minutos, reduziu para 2-1. Por Cristian Ponde, que beneficiou de um ressalto de bola dentro da área benfiquista e fuzilou o guarda-redes Ivan Zlobin.

Aos 56 minutos, Iuri Medeiros esgueirou-se pela esquerda numa típica jogada de contra-ataque e rematou forte para defesa apertada de Zlobin para canto.

Os leões continuaram à procura incessante do empate e, aos 65 minutos, Rafael Barbosa trabalhou muito bem a bola à entrada da grande área benfiquista e disparou fortíssimo para mais uma enorme defesa do russo Igor Zlobin.

Com o passar dos minutos o jogo foi endurecendo cada vez mais e, aos 73 minutos, o árbitro António Nobre expulsou o leão Riquicho e o benfiquista Gedson por agressão mútua quando já estavam no relvado.

O desfecho do clássico já não se alterou até ao final, apesar de ambos os conjuntos terem continuado à procura do golo.

Jogo realizado no Caixa Futebol Campus, no Seixal.

Benfica B - Sporting B: 2-1.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Heriberto, 15 minutos.

2-0, Francisco Ferreira, 26.

2-1, Cristian Ponde, 48.

Equipas:

- Benfica B: Ivan Zlobin, Alex Pinto, Vitali Lystcov, Francisco Ferreira, Pedro Amaral, Martin Chrien, Gedson, Keaton Parks, João Félix (Willock, 69), Heriberto (Alan Júnior, 87) e Zé Gomes (João Filipe, 81).

(Suplentes: Fábio Duarte, Florentino Luís, Willock, Alan Júnior, Thabo Cele, Pedro Álvaro e João Filipe).

Treinador: Hélder Cristóvão.

- Sporting B: Pedro Silva, Mauro Riquicho, Ivanildo, Tobias Figueiredo, Abdu Conté, João Palhinha (Paulinho, 62), Wallyson, Pedro Delgado, Rafael Barbosa, Iuri Medeiros (Ary Papel, 69) e Rafael Leão (Cristian Ponde, 32).

(Suplentes: Vladimir Stojkovic, Bruno Paz, Demiral, Paulinho, Cristian Ponde, Pedro Marques e Ary Papel).

Treinador: Luís Martins.

Árbitro: António Nobre (AF Leiria).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Palhinha (51), Rafael Barbosa (66), Alex Pinto (89), Pedro Amaral (90+3). Cartão vermelho direto para Riquicho (73) e Gedson (73).

Assistência: cerca de 1.100 espetadores.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG