COI retira medalha de bronze a Tatiana Chernova por doping

Medalhada olímpica na prova do heptatlo em Pequim2008 e Londres2012, a atleta russa de 29 anos, acusou o consumo de turinabol, um esteroide anabolisante

O Comité Olímpico Internacional (COI) anunciou esta segunda-feira que a russa Tatiana Chernova vai perder a medalha de bronze conquistada em Pequim2008, após um controle antidoping ter detetado o uso por parte da atleta de uma substância proibida.

Medalhada olímpica na prova do heptatlo em Pequim2008 e Londres2012, Tatiana Chernova, de 29 anos, acusou o consumo de turinabol, um esteroide anabolisante, indicou o COI em comunicado.

O atleta russo de 400 metros Maksim Dyldin, 17.° em Londres2012, foi também objeto de um controle positivo de turinabol e será desqualificado, acrescentou o COI.

Os controles positivos a ambos os atletas resultam da reanálise das amostras recolhidas nos Jogos Olímpicos de Pequim e de Londres.

Hoje, a federação de atletismo da Rússia anunciou também a suspensão por quatro anos da atleta russa Albina Mayorova devido a doping.

A decisão de suspender a atleta, representante da Rússia nas maratonas dos Jogos Olímpicos Atenas2004 e Londres2012, foi tomada depois de uma análise realizada no último ano a Mayorova ter indicado excesso de testosterona.

Esta suspensão de quatro anos poderá significar o final da carreira da atleta, que foi oitava classificada em Londres2012.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG