Boston Red Sox usaram relógios da Apple para fazer batota

Equipa usou tecnologia para perceberem como seriam feitos os lançamentos dos adversários

A equipa norte-americana de basebol Boston Red Sox está a ser acusada de ter feito batota num jogo contra os New York Yankees, em agosto. Segundo uma investigação da Major League Baseball, os Red Sox usaram relógios da Apple para receberem informações sobre o tipo de lançamento que seria feito pelo lançador.

No basebol, o recetor fica agachado e sinaliza ao lançador o tipo de lançamento que deve ser feito. O batedor, da equipa contrária, não pode ver o sinal pois está de costas para o recetor e deve acertar na bola analisando apenas a postura do adversário durante o lançamento.

No jogo contra os Yankees, os Red Sox tinham alguém fora do campo a ver o sinal feito pelo recetor através de uma câmara de filmar e a comunicar o mesmo rapidamente ao batedor pelo relógio eletrónico. Isto permitia ao batedor saber como seria lançada a bola, aumentando as probabilidades de acertar na mesma, segundo a BBC.

Dizer ao batedor qual é o sinal do recetor não é ilegal, segundo as regras da modalidade, quando é um dos jogadores em campo a entender o sinal. Contudo, usar aparelhos eletrónicos para captar os sinais não é permitido.

Ainda não foi revelado qual será o castigo aplicado aos Boston Red Sox, que lideram neste momento a divisão leste da Liga Americana.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG