Boehringer. Um alemão quase a fazer história na NFL

Futebol americano. Surpreendeu no dia de testes que antecede o draft. Pode tornar-se o primeiro jogador internacional a ser escolhido

O alemão Moritz Boehringer pode fazer história no campeonato profissional de futebol americano (NFL) ao tornar-se o primeiro atleta internacional a ser escolhido no draft, que decorre entre 28 e 30 do corrente mês.
A forma mais comum de os 32 clubes da NFL recrutarem jogadores passa então pelo tal dia do draft. A grande maioria dos atletas aqui presentes vem das universidades ou de campeonatos secundários de futebol americano. Todos os anos, no entanto, a própria NFL organiza dias de testes para aqueles jogadores que sonham jogar ao mais alto nível mas nunca tiveram oportunidade de o fazer, seja nas universidades ou nas tais ligas menos competitivas. E mesmo neste tipo de ocasiões quem costuma destacar-se são jogadores norte-americanos com já algumas rotinas ou provenientes de países das Caraíbas ou até mesmo da Polinésia, como provam dados recentes. Desta feita, no entanto, há uma exceção: o jovem alemão Moritz Boehringer, de apenas 22 anos.
O germânico encantou no tal dia de testes, o denominado Pro Day, com números impressionantes: na corrida de 40 jardas (cerca de 36,6 metros) fez 4.41 segundos, ao nível dos principais jogadores da NFL, além de 6.65 segundos no drill de três cones, aquelas que são as duas das principais provas deste dias de testes.

Leia mais na edição de epaper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG