Salvio: "Ainda quero jogar no futebol inglês"

Extremo argentino esteve afastado durante nove meses, lesão que o impediu de se transferir para Inglaterra

Uma lesão no final da época 2014/2015 afastou Salvio dos relvados durante nove meses e impossibilitou o extremo argentino de realizar o sonho de jogar em Inglaterra. Devido à lesão, o Manchester City desistiu da contratação do jogador do Benfica, mas Salvio revelou que não desistiu de vir a jogar na Premier League, em entrevista ao jornal argentino Olé, reproduzida pelo jornal O Jogo.

"A lesão aconteceu quando faltavam 15 minutos para terminar a temporada. Nós já éramos campeões e foi uma pena, principalmente porque eu tinha uma oferta para ir para o futebol inglês. Estava tudo certo para eu jogar em Inglaterra, mas não aconteceu. Foi um momento duríssimo. Mas eu tive de aceitar, são coisas que acontecem e não podemos fazer nada. Agora vejo que tenho bastante força para me levantar dos duros golpes na carreira", afirmou o argentino.

Salvio revela também que não voltou a receber qualquer contacto do clube de Manchester depois de recuperar da leão: "Eu já sabia que tudo acabava de se transformar em nada. A única coisa que eu queria era fazer a cirurgia e recuperar-me. Depois, a minha cabeça começou automaticamente a pensar na recuperação e em voltar o mais rápido possível aos relvados", explicou.

Toto Salvio sente-se confiante e considera que não é a lesão que o vai impedir de realizar os seus sonhos: "Tenho metas na carreira e pretendo concretizá-las. Sempre quis ser um jogador de seleção; já tive oportunidades, mas encantar-me-ia voltar a ser convocado. Ainda quero jogar no futebol inglês. Quando estava no Lanús, eu queria jogar na Europa; o Atlético de Madrid e o Benfica tornaram o meu sonho realidade. Não me vou conformar, vou querer sempre mais".

Para além de Inglaterra, disputar o Mundial da Rússia, em 2018, é uma das metas definidas pelo argentino. "Sim, mas antes disso o meu objetivo é voltar a ser convocado para representar a seleção argentina. Voltar a ganhar espaço na minha equipa, também quero voltar a ser protagonista e ter um grande ano".

Quanto a títulos, Salvio ficou contente com o desempenho dos encarnados nas épocas anteriores, mas quer mais. "Queríamos ter ganho algum título europeu. Tivemos a sorte de jogar duas finais da Liga Europa [2013 e 2014]. Fomos claramente superiores nas duas, mas não ganhámos. Fizemos um grande papel na última época também, chegámos aos "quartos" da Champions e vendemos cara a derrota com o Bayern. Esperamos fazer melhor na próxima", afirmou.

Enquanto esteve lesionado, o argentino viu o Benfica perder o seu treinador para o clube rival e o jogador ficou surpreendido com a escolha de Jorge Jesus. "Ninguém esperava, foi um pouco estranho. Mas ninguém pode reprovar. Ele teve os seus motivos para ir trabalhar no maior rival. Hoje trabalhamos com Rui Vitória e estamos muito felizes. Ganhámos dois títulos com o novo treinador", declarou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG