Rui Vitória: "Defendo que a janela de mercado feche mais cedo"

O treinador do Benfica disse estar satisfeito com os jogadores que tem e revelou que Gabriel Barbosa está convocado para o jogo com o Portimonense

Rui Vitória assumiu esta quinta-feira que gostaria que o mercado de verão fechasse mais cedo, à semelhança do que vai passar a acontecer na Premier League.

"Defendo que a janela de mercado feche mais cedo, na reunião de treinadores que tivemos na UEFA foi discutido isso. O que me parece é que não vale a pena ser uma medida a avulso, ou seja, só na liga inglesa", começou por dizer, defendendo que esta medida faça parte de "uma decisão conjunta, que feche mais cedo" em todos os campeonatos.

É que, na opinião do treinador do Benfica, "tudo o que se faz a 31 agosto, pode fazer-se mais cedo porque proporciona maior estabilidade às equipas". "Um mercado tão longo que entra pelas competições, influência todo um conjunto de jogadores que é preciso de gerir e não se consegue trabalhar como se gostaria", assumiu, deixando ainda mais um ponto para discussão: "Em janeiro também não é preciso um mês, pode ser uma janela mais pequena."

O mercado terminou na Luz com a chegada de Douglas e Gabriel Barbosa e o balanço feito por Rui Vitória é bastante positivo: "Estou satisfeito com os jogadores que entraram. O Mitroglou saiu e as coisas estavam preparadas para ser rendido, de imediato e por isso chegou o Gabriel."

Em termos comparativos, Rui Vitória assumiu que "não são jogadores iguais nas características", assumindo que agora "é preciso tirar o melhor rendimento dos que chegam" que a partir de agora "fazem parte de um plantel com lote de jogadores vasto", no qual, defende, "haverá espaço para todos".

Sobre a compatibilidade de Gabriel Barbosa com Jonas ou Seferovic, Rui Vitória deixou uma certeza: "Não há jogadores incompatíveis. Quem faz parte do plantel foi escolhido e tem as características para uma equipa como a nossa. Ao longo do campeonato vai haver vários tipos de compatibilidades."

Numa espécie de balanço do mercado, o técnico benfiquista não deixou margem para dúvidas: "Estou satisfeito com os jogadores que tenho. Todos os treinadores poderiam ir buscar mais este ou aquele, mas o que posso dizer é que vamos formar equipa competitiva como temos tido. Há oportunidades e novas realidades que surgem. Há jogadores que vão aparecer este ano que se calhar não apareceram no ano passado."

Certo é que Gabriel Barbosa está entre os convocados, enquanto Douglas e Scilar "ainda não estarão" na lista para o jogo com o Portimonense.

Rui Vitória espera, esta sexta-feira no Estádio da Luz, um adversário "bem organizado e com jogadores de qualidade", orientada por "um treinador de referência como é Vítor Oliveira". Nesse sentido, disse esperar "ganhar um jogo complicado", deixando a certeza de que "o importante é que o Benfica coloque as suas armas em campo e a qualidade coletiva e individual venha ao de cima", pois se isso acontecer "a vitória estará mais próxima".

Vítor Oliveira anunciou que não irá à Luz com autocarros, uma intenção que agrada a Rui Vitória mas que nem por isso acredita que significará facilidades: "Cada equipa tem a sua característica, mas não muda a nossa abordagem do jogo, temos de saber contornar os problemas que vão surgir. Temos de estar preparados para isso tudo. O Portimonense vai querer disputar o jogo, mas o Benfica é uma grande equipa, é certo que será difícil para nós mas para o adversário também será."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG