Benfiquistas já "reservaram" a rotunda do Marquês de Pombal

A nove jornadas do final da I Liga, já há uma faixa de adeptos do Benfica a "reservar" o local para os festejos do título

Já é uma tradição: adeptos do Benfica "reservaram", atempadamente, a rotunda do Marquês de Pombal, emblemático local dos festejos dos títulos conquistados pelas águias nos últimos anos.

A nove jornadas do final da I Liga e com dois pontos de vantagem sobre o Sporting, o Benfica lidera o campeonato e já há quem dê por garantido que o título já não irá fugir.

Os benfiquistas nunca tinham "reservado" o Marquês tão cedo. Em 2009/10 fizeram-lo a 20 de abril. Em 2012/13 as faixas foram colocadas a 30 de abril, mas foi o FC Porto quem acabou por ser campeão. Já em 2013/14, a "reserva" foi feita a 9 de abril.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.