Águias superam leões e levam discussão do título para a negra

Benfica só não foi melhor no terceiro set, mas acabou por dominar praticamente todo o 4.º jogo da final, vencendo por 3-1

O Benfica empatou ontem a final do campeonato nacional de voleibol, adiando para amanhã, em Alvalade, a discussão do título perante o rival Sporting. Ontem as águias dominaram os leões e será na "negra" que se encontrará o novo campeão nacional.

O primeiro set acabou por ser o mais equilibrado, com os encarnados a vencerem por 25-23, com uma recuperação das águias de 22-23 para a vitória final. Do mais equilibrado para o menos, no segundo set, com os encarnados a dominarem por completo, vencendo por sete pontos de diferença (25-18).

O Sporting, com o presidente Bruno de Carvalho a assistir, tinha de responder, para o jogo não ficar decidido logo no terceiro set, e apesar de ter entrado mal, a perder por 0-2, conseguiu dar a volta por cima, não dando hipóteses às águias, que a determinado momento resguardaram-se fisicamente para o próximo set, perdendo o terceiro por 25-19.

E terá sido mesmo esse o segredo do Benfica determinante para vencer tranquilamente o quarto set. Melhor fisicamente, os jogadores encarnados entraram a vencer por 5-0 e não mais saíram da frente do marcador, acabando o set com uma vantagem de seis pontos, 25-19, o suficiente para terminar o jogo por 3-1.

No final do encontro obviamente que do lado dos encarnados reinava a euforia."O Benfica esteve excecional, mas do outro lado esteve também uma grande equipa e demonstraram isso no terceiro set. Mas nós estivemos sempre melhor e quem esteve no pavilhão viu que a equipa está bem. Os jogadores têm demonstrado uma força extra e isso emociona-me e dá-me garantias para o último jogo. Temos de pensar que vencemos a Taça de Portugal e vamos a Alvalade para fazer a dobradinha", confessou o treinador do Benfica, José Jardim.

Por sua vez, Miguel Maia, jogador do Sporting e a maior figura do voleibol português, destacou o trabalho dos dois clubes nesta final do campeonato. "São duas grandes equipas, está tudo empatado, temos uma decisão em casa, esperamos um pavilhão cheio, mas para vencermos temos de estar mais sóbrios do que neste jogo. O Benfica acabou por ser superior, aproveitou alguma desorientação. Mas isto ainda não acabou, temos o fator casa do nosso lado e vamos fazer disso uma fortaleza para nós", salientou Miguel Maia.

O encontro decisivo para encontrar o novo campeão nacional está marcado para amanhã, pelas 16.00 (Sporting TV), no Pavilhão João Rocha, em Alvalade.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG