Beira-Mar punido com derrota por agressão de adepto a árbitro

A Associação de Futebol de Aveiro (AFA) puniu o Beira-Mar com derrota, no encontro com o União de Lamas, disputado em dezembro de 2017, na sequência da agressão de um adepto do clube aveirense ao árbitro do encontro.

Segundo um comunicado do conselho de disciplina da AFA, divulgado hoje, o Beira-Mar foi castigado com uma derrota por 3-0, sendo ainda sancionado com a realização de dois jogos à porta fechada e o pagamento de uma multa de 200 euros.

O jogo realizado a 03 de dezembro de 2017, a contar para a 12.ª jornada da primeira divisão do campeonato distrital da AFA foi interrompido depois de um adepto, equipado com as cores do Beira-Mar, ter agredido a soco a equipa de arbitragem, quando esta se dirigia para os balneários do Estádio Mário Duarte, no final da primeira parte.

Ao intervalo, a equipa visitante estava a vencer por 1-0.

O conselho de disciplina da AFA decidiu ainda punir com um ano de suspensão o jogador Andrii Kokoshko, do Alba, devido à agressão a um agente policial durante o jogo com a Ovarense, disputado a 26 de novembro de 2017, em Ovar.

Quase no final da partida, dois jogadores, um de cada equipa, envolveram-se em agressões e acabaram expulsos.

Quando estava no túnel de acesso aos balneários, o jogador do Alba terá agredido um elemento da PSP com murros na zona entre o rosto e o peito, tendo sido detido e constituído arguido.

O jogo da 11.ª jornada do campeonato distrital da AFA terminou com a vitória dos visitantes por 1-0.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG