Beckenbauer investigado por corrupção no Mundial da Alemanha

Procuradoria-Geral da Suíça confirma que o ex-futebolista alemão está a ser investigado. Há suspeitas de lavagem de dinheiro e compra de votos

Franz Beckenbauer, lenda do futebol alemão, está a ser investigado por corrupção no processo de atribuição da organização do Mundial 2006 à Alemanha. As suspeitas já são antigas, e o Comité de Ética da FIFA já tinha iniciado uma investigação em março, mas agora foi a vez de a Procuradoria-Geral da Suíça (OAG) averiguar oficialmente o caso.

Para já, a OAG limitou-se a confirmar que o ex-futebolista está a ser investigado, prometendo revelar mais detalhes nas próximas horas.

O jornal Der Spiegel já tinha noticiado, em outubro de 2015, que Beckenbauer terá recebido subornos para comprar votos para a Alemanha no Mundial 2006. Uma acusação negada pelo próprio.

"Não paguei dinheiro a ninguém para comprar votos na atribuição do Mundial 2006 à Alemanha", disse Beckenbauer, que foi presidente do comité organizador da prova, mostrando-se "seguro" de que nenhum membro do comité de candidatura "fez tal coisa".

No entanto, Beckenbauer, amigo e confesso admirador de Blatter, volta a ser acusado de lavagem de dinheiro, abuso de poder e possível compra de votos no processo que fez a Alemanha conquistar a organização do Mundial 2006.

A Alemanha ganhou a eleição para organizar a prova com 12 votos, contra 11 da África do Sul, após a abstenção inesperada do membro neozelandês Charles Dempsey na votação final.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG