Bayern vence Bayer Leverkusen no arranque da Bundesliga

O pentacampeão alemão de futebol, Bayern, entrou com o 'pé direito' na I Liga germânica, ao vencer hoje na receção ao Bayer Leverkusen por 3-1, num jogo em que o internacional português Renato Sanches não saiu do banco.

A equipa de Munique entrou disposta a resolver o jogo o mais rápido possível e, aos 19 minutos, já vencia por 2-0, com o segundo golo a ser marcado pelo médio francês contratado no defeso ao Lyon por 40 milhões de euros, Corentin Tolisco, para a posição ocupada por Xabi Alonso, que pôs ponto final à sua carreira.

A boa exibição do ex-Lyon na sua estreia na 'Bundesliga' não é boa notícia para o internacional português Renato Sanches, que não chegou a sair do banco, enquanto viu o concorrente direto por um lugar no meio-campo a ser titular e até a marcar um golo, validando a opção do técnico italiano Carlo Ancelotti.

O Bayern abriu o marcador logo aos nove minutos, pelo defesa Niklas Sule, a cabecear a bola de cima para baixo, nas alturas, ao segundo poste, para o fundo das redes, na sequência de um livre cobrado por Sebastien Rudy.

De resto, os três golos do Bayern resultaram de lances de bola parada, o segundo após a marcação de um canto, em que o chileno Arturo Vidal aproveitou um rechaço do guarda-redes do Bayer para 'picar' a bola para a zona do segundo poste, onde estava Tolisso para finalizar de cabeça, e o terceiro de penálti, pelo incontornável Lewandowski.

O ponta de lança polaco bateu com a competência habitual o castigo máximo cometido sobre ele, ao ser agarrado na área depois de acorrer a um cruzamento da esquerda, do austríaco David Alaba.

O Bayer ainda reduziu para 3-1, aos 65 minutos, pelo avançado suíço Admir Mehmedi, mas o destino da partida estava traçado e a equipa de Munique até podia ter dilatado o resultado na parte final do encontro.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG