Bayern Munique derrotado quatro meses depois

Bávaros estiveram a ganhar em Leipzig, mas perderam por 1-2, em partida da 27.ª jornada da I Liga. Última derrota da formação de Munique fora a 25 de novembro, no terreno do Borussia M´gladbach

O Bayern Munique sofreu este domingo a primeira derrota em quatro meses, ao perder na deslocação ao terreno do Leipzig por 1-2, em partida da 27.ª jornada da liga alemã.

Os bávaros, que já não eram derrotados desde a visita ao Borussia M´gladbach a 25 de novembro (também 1-2, para a 13.ª jornada), até estiveram a ganhar, através de um cabeceamento certeiro de Sandro Wagner aos 12 minutos, na resposta a um grande cruzamento do antigo médio portista James Rodríguez.

Contudo, a formação da antiga República Democrática Alemã operou a reviravolta. Primeiro, chegou ao empate por intermédio de Naby Keita, ainda na primeira parte (37'), num lance de insistência na área dos bávaros. Depois, já no segundo tempo, Timo Werner isolou-se a passe de Naby Keita e bateu Sven Ulreich (56').

Apesar da derrota, o Bayern pode garantir a conquista do hexacampeonato já na próxima jornada, caso vença na receção ao rival Borussia Dortmund e o Schalke não ganhe em casa ao Friburgo.

Exclusivos

Premium

Alentejo

Clínicos gerais mantêm a urgência de pediatria aberta. "É como ir ao mecânico ali à igreja"

No hospital de Santiago do Cacém só há um pediatra no quadro e em idade de reforma. As urgências são asseguradas por este, um tarefeiro, clínicos gerais e médicos sem especialidade. Quando não estão, os doentes têm de fazer cem quilómetros para se dirigirem a outra unidade de saúde. O Alentejo é a região do país com menos pediatras, 38, segundo dados do ministério da Saúde, que desde o início do ano já gastou mais de 800 mil euros em tarefeiros para a pediatria.