Áustria vence pela primeira vez num Europeu e estraga festa da Macedónia do Norte

A seleção estreante em Europeus ainda conseguiu chegar ao intervalo empatada a um golo. Mas não resistiu ao maior poderio dos austríacos.

A Áustria somou este domingo a primeira vitória de sempre numa fase final de um Campeonato da Europa de futebol, depois de bater por 3-1 a Macedónia do Norte, que viveu a sua estreia absoluta na competição.

Em Bucareste, depois de alcançar apenas empates e derrotas em 2008 e 2016, a seleção austríaca festejou pela primeira vez um triunfo, com golos de Lainer (18 minutos), Gregoritsch (78) e Arnautovic (89), no arranque do Grupo C do Euro2020.

Além de histórica, esta vitória deixa a Áustria em boa posição de passar pela primeira vez a fase de grupos, já que, além dos dois primeiros classificados, os quatro melhores terceiro posicionados também seguem para os oitavos de final.

Apesar da derrota, foi igualmente um dia memorável para a Macedónia do Norte, que fez o primeiro jogo da sua história em fases finais de uma grande competição e também o primeiro golo, quando o veterano Goran Pandev repôs, na altura, o empate no marcador, aos 28 minutos.

Mesmo sem deslumbrar, a seleção austríaca acabou por fazer o suficiente para merecer a vitória, perante um adversário que sentiu demasiado o nervosismo da estreia absoluta, sobretudo durante a primeira parte, e que recuou muito cedo no terreno, na esperança que pelo menos alcançar um empate.

Na Arena Nacional de Bucareste, naquele que foi apenas o segundo jogo deste Europeu disputado em campo neutro, a Macedónia do Norte esteve demasiado ansiosa no arranque da partida e Áustria aproveitou para fugir na frente o marcador, aos 18 minutos, por Lainer.

Depois de um centro de Sabitzer, o lateral direito do Borussia Monchengladbach apareceu solto na área e, todo no ar, respondeu com um excelente remate de primeira, assinado um dos melhores golos do torneio até agora.

A Áustria continuou a ter ascendente na partida, apesar de uma 'guerreira' equipa da Macedónia da Norte, mas 'borrou a pintura' (e de que maneira), oferecendo o empate ao seu adversário.

Aos 28 minutos, com dois erros defensivos seguidos, primeiro dos dois centrais e depois do guarda-redes Bachmann, o avançado Pandev agradeceu e só teve que encostar a bola para redes, festejando o primeiro golo de sempre da sua seleção numa grande competição.

Com 37 anos e 10 meses, Pandev tornou-se mesmo no segundo jogador mais velho a marcar em Campeonatos da Europa, sendo apenas superado pelo austríaco Vastic, com 38 anos, no Euro2008.

O encontro ficou equilibrado, com muita luta a meio-campo, mas bem cedo na segunda parte, a Macedónia do Norte acabou por recuar as suas linhas, apostando em lances rápidos de ataque, que praticamente nunca acabaram por acontecer.

A Áustria foi crescendo e, já depois do guardião Dimitrievski ter impedido Gregoritsch, com uma grande defesa, o avançado austríaco do Augsburgo marcou mesmo, aos 78 minutos, após excelente centro na esquerda do capitão Alaba.

Novamente em desvantagem no marcador, a Macedónia do Norte lançou mais dois avançados no encontro e arriscou na tentativa de chegar ao empate, mas Arnautovic, aos 89 minutos, confirmou o triunfo austríaco, aproveitando da melhor forma um corte infeliz de um adversário.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG