António Salvador severo com a arbitragem

António Salvador teve uma intervenção na sala de imprensa do Estádio de Alvalade muito severa quanto aos desempenhos do árbitro Carlos Xistra e Rui Costa (VAR) no Sporting - Sp. Braga (2-2), deixando ainda críticas aos responsáveis pelas nomeações.

"Em primeiro lugar, quero dizer que o Braga não tem por hábito comentar nomeações de arbitragem ou do VAR para os jogos. Mas as nomeações para este jogo deixaram-nos apreensivos", lançou o presidente do Sp. Braga.

"Infelizmente, verificou-se a apreensão que tínhamos e tivemos sobre estas duas nomeações. A nomeação para o VAR foi de um árbitro [Rui Costa] que estava condicionado à partida para este jogo, em função da arbitragem no último jogo que fez em Alvalade. Depois pergunto: como é que é possível nomear o mesmo árbitro para os três jogos que fizemos com os três grandes? Com Benfica, FC Porto e Sporting. Será que só há o Carlos Xistra para arbitrar o Braga?", prosseguiu.

"Todos vocês sabem que na Luz houve um golo que nos invalidaram, que era válido. Não percebo esta nomeação. Quando chega este jogo, todos viram o que aconteceu. Há um golo invalidado em que o VAR não atua, um penálti sobre o Danilo na primeira parte, que vocês viram todos. Nem vou falar do critério de cartões amarelos (...). E quando há o penálti para o Sporting, há uma falta sobre o Ricardo Ferreira, em que o Doumbia está em cima dele e não deixa saltar, por isso é que a bola sobra para o Ricardo Horta [que cometeu a falta]. São erros duplos, da arbitragem e do VAR. Há que pensar se estas ferramentas têm critérios iguais para todos", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG