FC Porto repõe distâncias com hat trick de Evanilson

Líder do campeonato sentiu dificuldade na deslocação ao Jamor. Triunfo sobre Belenenses SAD mantém Sporting a três pontos.

DN

Quando o FC Porto entrou em campo já sabia do triunfo do Sporting em Vizela e por isso sabia que não podia facilitar frente à Belenenses SAD para manter as devidas distâncias e não ter de dividir de novo a liderança do campeonato com o campeão. O início de jogo no Jamor não foi fácil para os dragões, que viram o jogo facilitado quando os azuis de Lisboa ficaram reduzidos a dez jogadores ainda no primeiro tempo e acabaram por construir uma vitória robusta com um hat trick de Evanilson. Destaque ainda para as três assistências para golo de Fábio Vieira.

Com Sérgio Conceição mais uma vez ausente por castigo e Vítor Bruno ao leme, havia um problema a triplicar no lado direito da defesa a precisar de solução. Sem João Mário e Manafá (ambos lesionados) e Corona (saiu para o Sevilha) foi o médio Bruno Costa que assumiu a posição de defesa direito, mas só por 31 minutos - sacrificado em nome da estratégia da equipa.

Do outro lado Franclim Carvalho não podia contar com o dragão emprestado (Carraça) e por isso chamou Chima Akas à defesa, reforçou o meio-campo com Cafú e colocou Afonso Sousa para o lugar de Safira, num ataque a três que resultou bem. Aos 13 minutos Abel Camará adiantou o Belenenses SAD. O avançado aparecer entre os centrais portistas e cabeceou para o fundo da baliza.

O golo surpreendeu os dragões, que chegariam ao empate logo depois da expulsão de Yaya Sithole, por acumulação de amarelos. Evanilson empatou, mas o lance precisou da validação do vídeoárbitro (VAR). Ainda antes do intervalo os portistas ainda viram o árbitro Manuel Mota invalidar um golo que não chegou a ter análise do VAR porque o árbitro apitou antes da bola entrar na baliza (assim manda o protocolo).

A jogar com mais um o segundo tempo foi de claro domínio azul e branco. E mesmo com mais um golo anulado e uma grande penalidade desperdiçada por Luis Díaz (falhou oportunidade de igualar Darwin na lista dos melhores marcadores), o FC Porto fez mais três golos. Chamado ao jogo, Francisco Conceição agitou as águas e Evanilson ainda fez mais dois (58' e 64') no jogo que coroa o primeiro hat trick da carreira do brasileiro. A contagem foi fechada por Taremi (84'), que começou no banco.

Com esta vitória, os dragões continuam na liderança do campeonato com 50 pontos, com mais três do que o Sporting e nove do que o Benfica, enquanto o Belenenses é 18.º e último com apenas 11 pontos.