ABC vence Benfica e leva decisão da Taça Challenge para Braga

O ABC venceu hoje o Benfica, por 28-22, na primeira mão da final da Taça Challenge em andebol, no Pavilhão da Luz, e leva seis golos de avanço para o segundo encontro, a 21 de maio, no Pavilhão Flávio Sá Leite.

O clube minhoto apresentou-se mais compacto e a aproveitar melhor os contra-ataques, beneficiando das falhas técnicas dos 'encarnados' e da ineficácia nas ações atacantes, que viram no guarda-redes Humberto Gomes o homem determinante do encontro.

Apesar da escassez de golos no período inicial, os comandados de Carlos Resende viram Pedro Spínola e Miguel Sarmento, com quatro golos cada, serem os homens mais eficazes nos primeiros 30 minutos.

Sem nunca se mostrar um forte opositor aos bracarenses, o Benfica foi forçado a fazer um 'time-out' ainda antes do quarto de hora (5-6, no marcador) e esperava-se que acertasse as posições e começasse a pressionar mais os minhotos.

Isso não aconteceu e não se percebeu porque é que o treinador espanhol Mariano Ortega retirou, nos últimos 10 minutos, Elledy Semedo (só voltou a jogar nos últimos seis minutos do encontro).

Elledy era o jogador do Benfica mais esclarecido e com mais golos na primeira parte (3), deixando a equipa um pouco à 'deriva', já que para o seu lugar entrou Uelington da Silva, que foi menos determinante perante uma defesa muito profunda, como era a do ABC.

O 13-10, a favor do ABC, verificado ao intervalo, dava justiça ao que os minhotos fizeram dentro do campo.

Na segunda parte, o guarda-redes Humberto Gomes sobressaiu e, num minuto, defendeu três remates do ponta Augusto Aranda, fazendo a diferença no marcador, já que os forasteiros tinham precisamente três golos de vantagem aos 40 minutos (14-17).

A cinco minutos do fim, tudo ficou mais esclarecido. André Gomes fez o 25-19, e criou uma vantagem de seis golos. Uma fasquia totalmente intransponível para os 'encarnados', que nunca conseguiram criar dificuldades aos bracarenses e viram o 22-28 como resultado final.

O jogo da segunda mão realiza-se a 21 de maio, às 18:00, no Pavilhão Flávio Sá Leite, em Braga.

Jogo no Pavilhão n.º 2 do Estádio da Luz, em Lisboa.

Benfica - ABC, 22-28.

Ao intervalo: 10-13.

Marcha do marcador: 2-3 (10 minutos), 6-10 (20), 10-13 (intervalo), 14-17 (40), 18-21 (50), 22-28 (final).

Equipas:

- Benfica: Hugo Figueira (GR), Davide Carvalho, Javier Borragan (4), João Pais, Alexandre Cavalcanti, Elledy Semedo (4) e Ales Silva (2).

Jogaram ainda: Nikola Mitrevski (GR), Tiago Ferro (1), Tiago Pereira (3), Belone Moreira (2), Paulo Moreno (1), Uelington da Silva (2), Agusto Aranda, Hugo Lima (3) e Dragan Vrgoc.

Treinador: Mariano Ortega.

- ABC: Humberto Gomes (GR), Hugo Rocha (3), Pedro Seabra (4), Diogo Branquinho (5), Miguel Sarmento (6), Pedro Spínola (6) e João Pedro Gonçalves.

Jogaram ainda: Fábio Antunes (2), Nuno Rebelo e André Gomes (2).

Treinador: Carlos Resende.

Árbitros: Péter Herczeg e Péter Südi (Hungria).

Assistência: cerca de 1.000 espetadores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG