Sérgio Conceição desvaloriza vantagem sobre Lazio e quer vitória em Roma

Apesar de o empate ser suficiente para que os dragões garantam, esta quinta-feira, o apuramento para os oitavos de final da prova, Sérgio Conceição admitiu que o foco está inteiramente na vitória.

O treinador do FC Porto desvalorizou esta quarta-feira a vantagem frente à Lazio (2-1) na primeira mão do 'play-off' da Liga Europa de futebol, e garantiu que preparou a deslocação a Roma apenas com a vitória em mente.

Apesar de o empate ser suficiente para que os 'dragões' garantam, esta quinta-feira, o apuramento para os oitavos de final da prova, Sérgio Conceição admitiu que o foco está inteiramente na vitória.

"Estamos a meio da eliminatória, temos 90 e poucos minutos para fazer e temos de procurar o resultado. Esta vantagem não serve de nada, é importante sermos mais competentes do que fomos na primeira parte aqui. Queremos ganhar o jogo", frisou o técnico portista, em conferência de imprensa.

Embora o foco esteja no jogo de quinta-feira da Liga Europa, Sérgio Conceição admitiu também que olha já para o jogo do campeonato frente ao Gil Vicente de forma a poder fazer uma gestão dos jogadores.

"Olhamos para o jogo de amanhã [quinta-feira], sem dúvida, mas três dias depois temos um jogo extremamente importante. Temos de olhar para o momento para ver quem dá garantias - estado físico, fadiga acumulada, motivação por ter menos minutos -, e depois cabe-me a mim escolher", explicou.

Sobre a inclusão de Rúben Semedo na convocatória para a partida em Roma, Sérgio Conceição não deixou margem para dúvidas.

"Está toda a gente convocada, toda a gente conta. O Rúben, como disse, teve minutos na equipa B, era importante ter jogo. É mais um elemento para ajudar a equipa", garantiu.

Relativamente ao adversário, o treinador da equipa portista está consciente das dificuldades, mas garantiu que o FC Porto está preparado.

"São equipas que têm identidade bem definida, jogar fora, em casa... Com os adeptos, há sempre esse extra, mas vamos apanhar uma Lazio agressiva, a construir, uma equipa que tenta ser pressionante, que poderá mudar um ou outro jogador. As características são diferentes das que tiveram aqui no Dragão", analisou.

Para Conceição, é "importante olhar para essa dinâmica coletiva". "Estamos precavidos. Trabalhámos muito e ao pormenor o que são os adversários e nós como equipa", completou.

O FC Porto joga na quinta-feira, às 17:45, em Roma, com a Lazio, a segunda mão do 'play-off' de acesso aos oitavos de final da Liga Europa, num jogo com arbitragem do alemão Deniz Aytekin, e parte com uma vantagem de um golo (2-1), trazida da primeira mão, no Estádio do Dragão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG