Multa por mau desempenho? Sim, aconteceu no ténis

Alemão Mischa Zverev abandonou na primeira ronda do Astralian Open e a organização do torneio considerou que o podia ter feito antes, por isso retirou-lhe 37 mil euros dos 40 mil do prémio de presença.

É uma regra nova, mas promete dar que falar. E a primeira vítima já tem rosto: Mischa Zverev! O alemão abandonou o jogo da ronda inaugural do Australian Open, quando perdia por 6-2 e 4-1, com Hyeon Chung...

A organização do torneio australiano considerou que o alemão de 30 anos revelou falta de profissionalismo ao entrar no court quando já estaria lesionado e decidiu multar o tenist em 45 mil dólares (37 mil euros), pouco menos do que o valor do prémio monetário correspondente à presença na primeira ronda, 47 900 dólares (40 mil euros).

A organização defende que Zverev podia ter dando oportunidade a um lucky loser de jogar, caso desistisse antes do jogo começar.

Desde 2017, na pré-época, que o Conselho que rege os Grand Slams pretende assim acabar com os jogadores que se aprsentam na primeira ronda, mesmo lesionados, só para receber o dinheiro correspondente à primeira ronda, garantindo metade do valor a quem desistir antes do jogo.

Zverev foi o único jogador a abandonar na ronda inaugural e faz assim história, mas não por bons motivos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG