Noruega: Parlamento aprova primeira restrição ao aborto em 40 anos

O Parlamento norueguês (Storting) aprovou esta sexta-feira, 14 de junho, um projeto de lei para dificultar os abortos seletivos com vários fetos, uma medida restritiva que constitui a primeira reforma da legislação nesta área em quatro décadas. A alteração legal, que foi aprovada depois da meia-noite e após um debate de várias horas, foi apoiada por 105 deputados, contra 64 que se opuseram, numa votação em que o governo de centro-direita afirmou sua maioria absoluta, contando também com o apoio de deputados do partido centrista, da oposição. A reforma é um dos pontos incluídos no acordo anunciado em fevereiro para […]

Para saber mais clique aqui: www.delas.pt

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG