Acesso à água: uma questão de género?

Entre 1990 e 2010, dois mil milhões de pessoas obtiveram acesso a água potável, mas persistem desigualdades gritantes, tanto a nível geográfico, como de género. A Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres lembra isso mesmo, esta quinta-feira, 22 de março, Dia Mundial da Água, partilhando, na sua página do Facebook, os dados da ONU. Além da desigualdade entre o hemisfério norte e o hemisfério sul do globo, este recurso de primeira necessidade não está acessível aos dois géneros da mesma forma. Segundo a ONU Mulheres (os dados mais recentes são de 2015), em 25% dos países da África subsariana […]

Para saber mais clique aqui: www.delas.pt

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...