Do Tinder ao Twitter: Empresários assinam manifesto contra restrições ao aborto

Do Tinder ao Twitter, vários executivos de mais de uma centena de grandes empresas norte-americanas, manifestaram-se na segunda-feira, 10 de junho, contra a restrição aos direitos reprodutivos das mulheres, incluindo o aborto, numa página publicitária do jornal The New York Times. De acordo com agência Lusa, mais de 180 empresários, entre os quais diretores executivos de empresas como a Bloomberg, a Yelp, o Tinder, e o fundador do Twitter, Jack Dorsey, assinaram um manifesto, que ocupa uma página inteira do diário norte-americano e onde se lê que “o futuro da igualdade de género está por um fio e põe em […]

Para saber mais clique aqui: www.delas.pt

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG