CDS quer cuidadores com férias, a descontar para a reforma e a abater despesas no IRS

O CDS-PP entrega esta quarta-feira, 13 de fevereiro, no parlamento, o projeto que cria o regime do cuidador informal e prevê o pagamento, ao familiar responsável por cuidar de alguém, de 50% do valor que seria pago a uma instituição. Esta é uma das propostas constantes no diploma dos centristas que cria o regime do cuidado familiar e que será apresentado, em conferência de impressa, pelo líder parlamentar, Nuno Magalhães, e pelos deputados Filipe Anacoreta Correia e Isabel Galriça Neto. O partido liderado por Assunção Cristas propõe ainda a definição de 22 ou 34 dias de descanso do cuidador, um […]

Para saber mais clique aqui: www.delas.pt

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG