Um pack de Páscoa para um confinamento variado

Tim Burton, Tarantino, Albano Jerónimo, Rita Blanco e Ralph Macchio. Vale tudo numa série de propostas para mais uma Páscoa presos ao pequeno ecrã.

Olhamos para os packs de Páscoa dos diversos canais de cabo e das plataformas e não se pode dizer que haja motivos para grandes celebrações. Ainda assim, nesta quadra é possível encontrar uma série de propostas avulso com o espírito certo destes tempos. Filmes para encher o lugar-comum do para "todos os gostos".

Nesta curadoria que tenta ser inclusiva e a pensar num cinema para ser visto em contexto familiar tenta-se evitar os pastelões religiosos e as lições históricas. Escolhas para acompanhar com amêndoas e ovos de chocolate.

A começar, um guilty pleasure de um cineasta que terá mais tarde ou mais cedo de ser redescoberto, John G. Avildsen. O filme chama-se O Momento da Verdade 2, para quem cresceu nos anos 1980, mais conhecido pelo título original, Karate Kid 2. Trata-se de uma gentil sequela do êxito de 1984 no qual um jovem americano se torna num campeão de karaté. Nesta sequela inegavelmente mais humilde há um olhar de um cineasta sereno a filmar Okinawa e uma ideia de "romanesco" teen que agarrava. O cineasta de Rocky e Confia em Mim foi um dos artesãos mais curiosos dos anos 1980 em Hollywood e merecia mesmo ser olhado com outros olhos. Já agora, este segundo tomo das lições de Mr. Myagi foi marcado pelo hit de Peter Cetera. Tem exibição no domingo de manhã nos TVCine, canais que nessa tarde apostam no humor doloroso de Peter Davidson, comediante da nova geração americana a contar a história da sua juventude sob o olhar de Judd Apatow em O Rei de Staten Island. Uma bela comédia dramática que desconstrói os mitos das "novas famílias"...

Na Netflix não há muito conteúdo com estampa pascal mas devido ao infeliz regresso de Eddie Murphy em O Príncipe Volta a Nova Iorque, nada melhor do que recuperar outro clássico dos eighties, o original Um Príncipe em Nova Iorque, de John Landis, comédia em que o humor de Murphy não era cabotino e em que os gagues tinham uma erosão latente.

Na Fox Movies, os programadores fizeram mesmo um ciclo para a Páscoa com obras de cineastas consagrados. Destacam-se dois Tarantinos: Os Oito Odiados e À Prova de Morte, ambos no domingo. Um domingo gordo de Páscoa com uma violência sempre pop. Em The Hateful Eight faz uma obra-prima sobre o peso da coreografia cénica, enquanto em Death Proof revisita o seu "querido" cinema B. Antes, no sábado, dentro do mesmo destaque pascal, tempo para rever Em Parte Incerta, de David Fincher, cineasta que em 2014 aperfeiçoava a sua influência em Hitchcock. Na Fox Movies não há mesmo o cliché do filme bíblico.

Neste guia para sobreviver à Páscoa sugestão ainda para uma maratona: na HBO Portugal estão disponíveis os cinco primeiros Missão: Impossível. Um festival Tom Cruise ao alcance do nosso tempo livre. Da majestosa sofisticação do primeiro M: I, de Brian de Palma, ao show feérico de John Woo no número 2, passando pela forma como a série se tornou um delirante universo de espionagem de alta escala pelas mãos de Christopher McQuarrie.

Para quem tem pequenada em casa, a Disney + tem um acervo de respeito. Para crianças de bom gosto, neste próximo fim de semana pede uma visita ao mundo de Tim Burton nesse deliciosamente excêntrico A Casa da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares.

Por fim, chamada de atenção para a RTP Play onde há muito e bom cinema português, em especial esse tão esquecido Assim, Assim, de Sérgio Graciano, proposta que chega com um raro logo no nosso cinema, o da Columbia e Warner e que junta Rita Blanco, Nuno Lopes, Albano Jerónimo e Isabel Abreu...

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG