SIC: humor e estrelas da casa para "esquecer" Cristina Ferreira

João Baião e Diana Chaves asseguram as manhãs da SIC após a saída de Cristina Ferreira para regressar à TVI. Programa começou com a imitadora Joana Pais de Brito e continuou com as estrelas da estação. (Vídeo mais abaixo)

A atriz Joana Pais de Brito, que tem imitado Cristina Ferreira em diversas ocasiões, abriu o programa das manhãs da SIC esta segunda-feira chamando o assistente de realização Ben, como faria a própria, e fingindo surpresa por encontrar o apresentador João Paulo Sousa e a cantora Raquel Tavares na cama da sua casa. Foi assim o primeiro dia da estação sem o trunfo que em 2019 levou a estação de Carnaxide de novo aos primeiros lugares nas audiências após mais de uma década atrás da TVI.

"Vou fazer em primeira mão um bolo detox, anti-ageing, o mesmo que as estrelas de Hollywood comem", continuou a falsa Cristina Ferreira no início do programa, chamando os novos apresentadores - Diana Chaves e João Baião - para o seu lado. O Programa da Cristina é agora "Casa Feliz", mantendo o mesmo cenário. Ao longo da manhã, outras caras da SIC passaram pela antiga casa da apresentadora. Afonso Pimentel (na pele da sua personagem da novela da noite), José Figueiras, Liliana Campos, João Moleira ou Conceição Lino.

Houve, claro, uma referência à verdadeira Cristina Ferreira que "durante algum tempo foi feliz nesta casa". A apresentadora, 43 anos, anunciou na sexta-feira à tarde que regressava "à casa mãe", a TVI, de onde saiu em agosto de 2018, para se juntar à SIC.

Do outro lado, na estação de Queluz de Baixo, também houve referência à apresentadora. "Não imaginam como estou feliz", disse Manuel Luís de Goucha sobre o regresso de Cristina Ferreira com quem partilhou as manhãs do canal durante 14 anos (e mostrando imagens desses anos).

Cristina Ferreira assume, a partir de 1 de setembro, a direção de entretenimento e ficção e administradora da Media Capital. O regresso inclui a aquisição de uma participação no capital social da dona da estação. Agora detida pelo empresário Mário Ferreira.

Há cerca de dois meses, a 14 de maio, o empresário Mário Ferreira comprou 30,22% da Media Capital, através da Pluris Investments, numa operação realizada por meio da transferência em bloco das ações por 10,5 milhões de euros.

Ações da Impresa a cair

As ações da Impresa, que detém a SIC, seguiam esta segunda-feira a cair 3,65% para 0,13 euros, no primeiro dia de negociação após o anúncio da saída da apresentadora Cristina Ferreira da SIC para a TVI, de acordo com a Lusa.

A informação foi divulgada na sexta-feira após o fecho da bolsa e surpreendeu o mercado, uma vez que a apresentadora tinha contrato com a SIC até 2022

Em comunicado, na sexta-feira, a SIC informou que Cristina Ferreira "decidiu cessar unilateralmente a sua ligação à SIC, colocando termo ao contrato que a vinculava até 30 de novembro de 2022".

Lamentando "a decisão abrupta e surpreendente" e "apesar da desilusão", a SIC agradeceu "o trabalho de Cristina Ferreira desenvolvido ao longo deste curto, mas intenso período, no seio de uma equipa vencedora, que continuará a empenhar o seu talento e profissionalismo para merecer a confiança do público".

Na altura, o canal do grupo Impresa informou que "reserva todos os seus direitos em face desta situação".

Com a cessação unilateral do contrato com a SIC, Cristina Ferreira deverá ter de ressarcir o canal em, pelo menos, quatro milhões de euros, de acordo com fonte ligada ao processo. Daquele montante, dois milhões de euros correspondem ao salário.

Na TVI, além de Nuno Santos, que é novo diretor-geral, também mudanças na informação. O novo diretor é Anselmo Crespo, até agora subdiretor da TSF.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG