O voo seguro da nostalgia

Após dois anos na gaveta, Top Gun: Maverick está pronto para levar os espetadores numa saudosa investida aérea.

O original de Tony Scott não será propriamente uma obra-prima, mas tem o valor da estima popular que fez de muitos filmes da década de 1980 objetos estáveis na memória geracional. É por aí que vai Joseph Kosinski, o realizador do novo Top Gun: Maverick: pela matéria de um revivalismo controlado, que tanto se agarra às referências do filme de 1986 (a começar pela banda sonora), como impulsiona a máquina do espetáculo aéreo no sentido de convidar a algo mais corporal. Entenda-se: a adrenalina do voo aqui é um elemento narrativo. Define o protagonista a partir de uma textura real, de um jogo de ação concreta, que nada tem que ver com a falta de pathos do digital. Por isso vislumbra-se ainda um certo romantismo na imagem do piloto, que, como é dito a certa altura, não fará parte do futuro.

Apesar de passar a maior parte do tempo no ar, Tom Cruise, já se sabe, é o centro de gravidade do filme, desde o tal aspeto mais físico da produção à aura nostálgica do herói. A câmara idolatra-o, evita mesmo desviar-se um minuto a mais da sua figura axiomática, e procura na insubordinação natural de Maverick o toque de estilo que confere um raio de sol fotogénico à crónica da velocidade.

Desta feita, ele está incumbido de treinar os melhores pilotos para uma missão arriscada - ponto fraco do argumento, só justificado pela lógica do triunfo - e entre esses jovens encontra-se o filho do falecido amigo Goose, que cria a tensão dramática necessária.

Jennifer Connelly vem acrescentar uma pincelada de charme feminino, mas, aos nossos olhos, é na aparição de Val Kilmer (depois de vencer um cancro na garganta) que está o engenho emocional.

Dito isto, a insistência de Cruise em adiar a estreia, de modo a garantir que a experiência deste Top Gun: Maverick passasse pelo grande ecrã, é mais do que justificada. A intensidade sensorial destes voos não terá o mesmo impacto num visionamento caseiro.

dnot@dn.pt

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG