Morreu Paul Ritter, ator de Harry Potter e Chernobyl

O ator inglês tinha 54 anos e não resistiu a um tumor no cérebro.

O ator inglês Paul Ritter morreu esta segunda-feira com um tumor no cérebro, aos 54 anos, revelou o jornal The Guardian, citando o agente do ator que participou na série Chernobyl e na saga Harry Potter.

Em comunicado, o agente referiu que morreu em casa junto dos seus familiares: "Era um ator excecionalmente talentoso, que interpretava uma enorme variedade de papéis com uma habilidade extraordinária. Era inteligente, gentil e muito engraçado. Sentiremos muito a sua falta."

O argumentista britânico Toby Whithouse, que trabalhou com Ritter em no filme The Game não escondeu as emoções: "É uma notícia terrível e devastadora. Paul era um ator deslumbrante e estou devastado com esta triste notícia."

"Paul era gentil, engraçado, atencioso e o melhor ator com quem já trabalhei", acrescentou Robert Popper, o criador da sitcom Friday Night Dinner, onde Ritter teve um papel de destaque.

O ator britânico participou também nos filmes The Last Kingdom, Operation Mincemeat , Inferno, Rebellion, tendo tido uma participação especial na série The Hollow Crown e numa das temporadas da série Henry V. A sua última participação foi na série Belgravia que passou na RTP2.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG