Exclusivo Luís Sequeira: "Cinema português? É só chamarem!"

O responsável pelo guarda-roupa de Nightmare Alley - Beco das Almas Perdidas é um canadiano filho de portugueses. Luís Sequeira, nomeado ao Óscar em A Forma de Água, fala desta nova colaboração com Guillermo Del Toro, a partir de amanhã nos cinemas.

É um dos nomes em ascensão em Hollywood no guarda-roupa. Luís Sequeira, luso-canadiano, está de novo em alta com o trabalho sublime feito em Nightmare Alley - Beco das Almas Perdidas, de Guillermo Del Toro, film-noir potencialmente na corrida para os Óscares. Uma história sobre almas em perdição numa América dividida entre a pobreza e um glamour muito próprio. Sequeira veste gente como Rooney Mara, Bradley Cooper, Cate Blanchett ou Willem Dafoe e falou desde Los Angeles ao DN numa videochamada onde mostrou um português perfeito. E avisa que está desejoso de fazer cinema português.

Qual o desafio desta vez que Guillermo Del Toro lhe propôs para Nightmare Alley?
Trata-se de algo muito diferente de A Forma da Água. Este passa-se nos anos 1930 e tem um conceito completamente diferente. O Guillermo queria contar com uma história com uma acentuada noção de realidade mas com uma sensação de desenho de produção. Ele falou-me muito que este filme tem dois mundos, ambos com uma paleta específica. No começo tudo é muito velho e sujo, depois tudo é novo e dentro das tendências da moda. Tive de fazer uma imensa pesquisa, vi imensas fotografias da época para criar o mood de cada personagem.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG