Jazz no quintal: Rita Red Shoes e os vizinhos dão-nos música às 16.00

A cantora Rita Red Shoes, o saxofonista Ricardo Toscano e o guitarrista Bruno Santos são vizinhos e têm quintais um ao lado do outro: é assim que surgem as "sessões de jazz no quintal".

O isolamento imposto pelo covid-19 está a estimular a criatividade de muitos músicos portugueses: "Horas e horas de sessões e palco com o Ricardo Toscano, somos vizinhos há mais de um ano e nunca nos tínhamos juntado em "casa". Ora aí está uma boa razão para isso", escreveu o guitarrista Bruno Santos ao explicar a ideia do concerto no quintal que os dois deram na terça-feira.

Cada um no seu quintal, mantendo a distância de segurança, os músicos tocaram o tema I don"t stand a ghost of a chance with you, que foi filmado pela cantora e também vizinha Rita Red Shoes e transmitido nas redes sociais de todos. "Talvez ela se junte a nós amanhã", desafiou Toscano. E Rita Red Shoes aceitou o desafio.

"Inspirados pelos italianos, lembrámo-nos de animar as tardes dos vizinhos (e de quem queira espreitar o meu instagram ou o do vizinho). Todos os dias pelas 16.00 daremos música! Bruno Santos na guitarra, Ricardo Toscano no saxofone e eu (sempre que a minha filha me deixar)! Estão tod@s convidad@s!", explicou Rita Red Shoes na sua conta.

A ideia é continuar a tocar, todos os dias, pelas 16.00. Para os vizinhos e para quem mais os quiser acompanhar, como explica Bruno Santos: "Se o tempo permitir, estaremos nos nossos quintais, todos os dias, às 16.00. Se chover, temos o alpendre. Dá para tocar sem contacto visual. Regras respeitadas e vizinhos à janela a ouvir, a dançar e até a bolo tivemos direito. Soube-nos bem! A foto é da Rita Redshoes, que amanhã junta-se a nós. É uma situação privilegiada, no meio desta confusão e dúvidas".

Os músicos usaram a hashtag "backyardjazzsessions" para definir estes concertos, ou seja, sessões de jazz no quintal das traseiras.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG