As mazelas físicas que podem pôr em risco a digressão europeia de Madonna

O bem-estar de Madonna parece uma bomba-relógio. Nas redes sociais, a artista tem-se mostrado frequentemente a sofrer com dores e, pela primeira vez, tem cancelado concertos. O último, este domingo, em Lisboa.

Ainda antes do Natal, Madonna terminava a sua digressão pelos EUA com o corpo cansado e emocionalmente sensível, com vários concertos cancelados. Não muito tempo depois, logo no início deste ano, aventurava-se num outro tour pela Europa, com início nos palcos de Lisboa. Mas a saúde da artista, atualmente com 61 anos, parece estar a pôr em causa essa digressão: depois de semanas a queixar-se de mazelas físicas, o concerto marcado para este domingo no Coliseu (o quinto em Portugal) acabou mesmo por ser cancelado.

No Instagram, a cantora pediu desculpas aos fãs portugueses. "Obrigada de novo Lisboa! Desculpem ter tido de cancelar esta noite mas tenho de ouvir o meu corpo e descansar. Aquele porto branco aguentou-se até ao fim dos espetáculo! Vemo-nos na terça-feira. Façam figas".

Dias antes, a rainha do Pop partilhava um vídeo na sua página de Instagram, onde aquecia "com muito cuidado", escrevia, e com visível atenção a cada movimento mais brusco. A 32 concertos do fim da sua digressão"Madame X" pela Europa, que começou no dia 12, com concertos passando por Lisboa (onde ainda faltam três, nos dias 21,22 e 23), Londres e Paris, o resto do caminho pode mesmo estar em risco.

O bem-estar da artista parece uma bomba relógio. No final de novembro, todos os concertos de Boston (EUA) foram cancelados devido à lesão no seu joelho, lembrava o El País. O pedido de desculpas aos fãs chegou acompanhado de um vídeo onde Madonna tenta subir umas escadas, em direção ao palco, com dificuldade e algum receio aparente. Admitiu que a dor que sentia era "insuportável".

Os comentários não demoraram a chegar, entre defensores da artista e amigos próximos, como é o caso de Debi Mazar, uma das suas melhores amigas. Na mesma fotografia, questionou Madonna: "Já pensaste que os teus fãs ficariam felizes se simplesmente te sentasses numa cadeira e cantasses?".

Certo é que não foi só Madonna que amadureceu, o público cresceu com ela: nos concertos, as arenas já não se enchem de pessoas jovens, à espera de ver o maior número de passos de dança possíveis num minuto; esperam uma rainha da Pop amadurecida, alinhada com o seu tempo. Segundo o El País, o seu público fixa-se sobretudo na faixa etária dos 40-50 anos. Mas um concerto de Madonna ainda continua a ser um show de coreografias, como antigamente.

A cantora parece querer viver para sempre na juventude - sendo até amplamente criticada pelas operações plásticas que faz ao rosto -, contrariando as mensagens que o seu corpo tem enviado.

Madonna tem um dia para recuperar antes do seu próximo concerto em Lisboa, deixando a dúvida no ar sobre a forma como irá dar continuidade à digressão europeia. Ou até se o irá fazer.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG