Apple vai lançar filme de Will Smith este ano, apesar da bofetada nos Óscares

"Emancipation" estará nos cinemas a 2 de dezembro e na plataforma Apple TV+ uma semana depois.

Menos de um ano depois de Will Smith ter chocado milhões de pessoas ao esbofetear o comediante Chris Rock na cerimónia dos Óscares, o seu novo filme, "Emancipation", será lançado em dezembro, informou a Apple nesta segunda-feira (3).

Supunha-se que o drama sobre a escravidão fosse adiado depois do polémico episódio, e amplamente condenado, que resultou na exclusão de Smith da cerimónia dos prémios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood por uma década. Mas a Apple fez o anúncio surpresa e disse que o filme mais recente de Smith estará nos cinemas a 2 de dezembro e na sua plataforma, Apple TV+, uma semana depois.

Com estas datas, a Apple poderia inscrever "Emancipation" para a cerimónia dos Óscares em março, um ano depois de fazer história ao tornar-se a primeira plataforma de streaming a conquistar a principal estatueta da Academia, a de melhor filme para "CODA".

O ator manteve um baixo perfil desde a noite em que conquistou o Óscar de melhor ator pelo seu papel em "King Richard", minutos depois de agredir Rock por ter feito uma piada sobre uma condição de saúde que afeta a esposa de Smith.

O astro de Hollywood desculpou-se publicamente após o incidente e divulgou em julho um vídeo nas redes sociais falando sobre o ocorrido e oferecendo-se para encontrar Rock "quando este estiver pronto para conversar".

Smith, de 53 anos, também renunciou à sua filiação à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que embora o tenha proibido de participar de sua principal cerimónia, não o impediu de ser nomeado, nem lhe retirou a estatueta.

Smith participou no último fim de semana numa projeção antecipada de "Emancipation", organizada pela Associação Nacional para o Progresso das Pessoas de Cor (NAACP), em Washington, DC.

O filme apresenta Smith como um escravo foragido numa dura jornada em busca de liberdade no norte da Louisiana, nos Estados Unidos.

O seu personagem, Peter, é inspirado na tristemente célebre fotografia de um escravo cujas costas foram dilaceradas por açoites sofridos numa plantação, e que foi apelidado de "Peter, o açoitado".

O filme foi dirigido por Antoine Fuqua, cujo drama policial, "Training Day", de 2001, rendeu um Óscar de melhor ator a Denzel Washington.

A filmagem de "Emancipation" estava prevista para ocorrer originalmente na Geórgia, mas a produção mudou de cenário depois de o estado sulista ter aprovado uma lei eleitoral que, segundo os críticos, tenta reduzir a participação de negros e outras comunidades pouco representadas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG