Pedofilia. Ator brasileiro José Dumont preso e afastado pela Globo

Polícia encontrou vídeos com pornografia infantil nas buscas feitas à residência do ator, que é também investigado devido a um suposto relacionamento com uma menor de 12 anos.

José Dumont, 72 anos, conhecido ator de telenovelas brasileiras, foi preso na quinta-feira pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, depois de apanhado em flagrante na posse de vídeos de pornografia infantil, estando ao mesmo a ser investigado num caso de alegada pedofilia.

A prisão surgu na sequência de uma operação montada pela polícia brasileira na sequência de uma denúncia. O ator está a ser investigado devido a um suposto relacionamento com uma fã de 12 anos, à qual teria oferecido ajuda financeira. Esta aproximação terá sido registada por câmaras de segurança e serviram de base para a abertura de um processo.

Nas buscas realizadas à casa do ator, na quinta-feira, a polícia apreendeu imagens e vídeos de sexo envolvendo crianças, motivo que levou à sua detenção imediata.

José Dumont, curiosamente, interpreta o papel de abusador de crianças na novela "Todas as Flores", da Globo, que vai estrear-se em meados de outubro. Na sequência da sua detenção, a Globo já decidiu afastar o ator.

"O ator José Dumont estava contratado como obra certa especificamente para a novela 'Todas as Flores', a ser exibida no Globoplay. Diante dos factos noticiados, a Globo tomou a decisão de retirá-lo da novela. A suspeição de pedofilia é grave. Nenhum comportamento abusivo e criminoso é tolerado pela empresa, ainda que ocorra na vida pessoal dos contratados e de terceiros que com ela tenham qualquer relação", disse a emissora.

Com uma longa carreira tanto em televisão como no teatro, e vários prémios conquistados, José Dumont participou em novelas como "Corpo a Corpo", "Terra Nostra", "Pantanal" e "Dona Xepa".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG