Fiscalização rápida da EMEL feita de BMW

Equipas criadas para fiscalizar carros em segunda fila multaram num único mês quase 800 condutores

Arrancaram antes do verão as equipas de fiscalização rápida para multar carros em segunda fila ou parados a bloquear as faixas reservadas a transportes públicos. Um mês depois, os resultados da campanha 2ª Fila Não É Opção apontavam o êxito: num único mês, 793 multas por estacionamento em segunda fila, metade das quais com bloqueamento incluído, segundo números avançados à TSF.

O que não se conhecia eram as motos compradas para dar vida a essa iniciativa: quatro BMW GS a gasolina que, no modelo de cilindrada mais baixa, chegam aos 192 km/h. E cujo preço de mercado é de cerca de 10 mil euros.

Pelo seu volume, as BMW ficam muitas vezes presas no trânsito, o que dificulta o objetivo de os agentes poderem estar em movimento de forma constante e aceder a mais espaços e locais de forma rápida.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.