Nova Iorque pelos filmes de Woody Allen

Há uma cidade nos Estados Unidos onde os todos sonhos se concretizam.

Uma cidade onde a promessa de sucesso, dinheiro, fama e felicidade eterna tem um aroma forte e enebriante. Essa cidade é Nova Iorque, o destino de aspirantes a músicos, atores, cineastas e escritores - e o nosso, comuns mortais, que desejamos apenas pisar as ruas onde os nossos ídolos sonharam.

Saiba mais aqui.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os aspirantes a populistas

O medo do populismo é tão grande que, hoje em dia, qualquer frase, ato ou omissão rapidamente são associados a este bicho-papão. E é, de facto, um bicho-papão, mas nem tudo ou todos aqueles a quem chamamos de populistas o são de facto. Pelo menos, na verdadeira aceção da palavra. Na semana em que celebramos 45 anos de democracia em Portugal, talvez seja importante separarmos o trigo do joio. E percebermos que há políticos com quem podemos concordar mais ou menos e outros que não passam de reles cópias dos principais populistas mundiais, que, num fenómeno de mimetismo - e de muito oportunismo -, procuram ocupar um espaço que acreditam estar vago entre o eleitorado português.