Parceiro dos Wham! destroçado com morte de George Michael

Andrew Ridgeley era amigo de escola de George Michael

"Destroçado com a morte do meu querido amigo Yog. Eu, os seus próximos, os seus amigos, o mundo da música, o mundo em geral. Amado para sempre". Foi assim, com uma mensagem no Twitter, que Andrew Ridgeley, o outro elemento dos Wham!, reagiu à morte de George Michael, ontem, aos 53 anos.

Andrew Ridgeley e George Michael, amigos de escola, formaram uma dupla de sucesso na década de 1980, com êxitos como "Club Tropicana", Young Guns (Go For It)" ou "Last Christmas".

Em 1985 os Wham tornaram-se a primeira banda pop ocidental a dar dois espetáculos na China comunista, numa altura em que ainda se encontrava muito fechada ao exterior, liderada pelo líder reformista Deng Xiaoping.

Em 1986 saiu o último álbum do duo "The Edge of Heaven", que voltou a ser um êxito de vendas, e com o qual fizeram uma série de concertos no estádio de Wembley.

Num comentário ao obituário da BBC, que lembra que George Michael afirmou que a música foi um dos maiores presentes que Deus ofereceu ao homem, Andrew Ridgeley escreveu entretanto no Twitter: "Não foi Deus quem deu, foste tu velgo amigo".

[twiter:813235987975286784]

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG