Palma de Ouro vai para o britânico Ken Loach

O seu filme I, Daniel Blake foi o grande vencedor da competição deste ano, dando a Loach a sua segunda Palma de Ouro. Conheça os vencedores dos outros seis prémios do palmarés

Ken Loach foi o grande vencedor do Festival de Cinema de Cannes de 2016. O seu filme I, Daniel Blake valeu-lhe este domingo a Palma de Ouro na habitual cerimónia de encerramento do certame.

O britânico de 79 anos é um repetente no galardão. Em 2006 também venceu a Palma de Ouro com o filme The Wind that Shakes the Barley.

Depois de dez dias de cinema quase contínuo, o júri presidido por George Miller,, e de que fazem parte ainda Arnaud Desplechin, Kirsten Dunst, Valeria Golino, Mads Mikkelsen, Laszlo Nemes, Vanessa Paradis, Katayoon Shahabi e Donald Sutherland, revelou os vencedores desta 69.ª edição do Festival de Cinema de Cannes.

21 filmes concorreram à Palma de Ouro. Recorde-se que, entre os sete prémios do palmarés, não podem existir filmes vencedores de mais do que um dos prémios; além disso, entre as sete categorias só pode existir um prémio ex-aequo - o que este ano aconteceu no prémio de Melhor Realizador - sendo que tal não pode acontecer na Palma de Ouro.

Palma de Ouro

I, Daniel Blake, de Ken Loach

Grande Prémio

Juste La Fin Du Monde, de Xavier Dolan

Melhor Realização (ex-aequo)

Olivier Assayas, pelo filme Personal Shopper e Cristian Mungiu, por Bacalaureat

Prémio do júri

American Honey, de Andrea Arnold

Melhor Ator

Shahab Hosseini, em Forushande, de Asghar Farhadi

Melhor atriz

Jaclyn Jose em Ma'Rosa, de Brillante Mendoza

Melhor Argumento

Prémio para Asghar Farhadi por Forushande

Além dos sete prémios, a Câmara de Ouro para melhor primeira obra foi atribuída a Divines, de Houda Benyamina, a Palma de ouro para melhor curta-metragem a Timecode, de Juanjo Giménez, e a Palma de Ouro de Honra ao ator Jean-Pierre Léaud.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG