Onde pode ver Salvador Sobral nos próximos dias. Ou talvez não...

Marco de Canaveses é a primeira localidade a receber o vencedor do Festival da Eurovisão. Concerto é gratuito. De resto, está tudo esgotado

Uma semana após vencer o Festival da Eurovisão, no próximo sábado, Salvador Sobral regressa aos concertos. E a primeira localidade a receber o cantor é Marco de Canaveses, de acordo com a agenda do artista publicada no Facebook. O espetáculo, integrado na digressão de apresentação do disco "Excuse Me", é gratuito. De resto, está tudo esgotado.

"É uma honra para o Marco de Canaveses receber o Salvador Sobral após a vitória contundente no Festival da Eurovisão", comenta ao DN o presidente da autarquia. Manuel Moreira explica que a atuação já está agendada "há umas semanas", quando não se fazia ideia que o cantor pudesse vir a ganhar a competição. "É uma feliz coincidência", admite o autarca, convicto de que, pós a vitória na Eurovisão, Salvador Sobral terá uma plateia mais recheada.

"A partir do momento em que foi o vencedor destacadíssimo, é normal que ataria mais gente", diz o autarca, que também acredita que a ida do cantor a Marco de Canaveses "será boa para o município e para a região".

O concerto decorre no âmbito do Festival Confluências, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, em articulação com os 11 municípios que a integram, terá lugar nas Obras do Fidalgo, um espaço aberto, classificado como Imóvel de Interesse Público, ao ar livre.

"É um lugar bastante amplo. Não vai haver problemas de lotação", garante o autarca, especificando que espaço tem capacidade para "milhares de pessoas".

Depois de Marco de Canaveses, segue-se o Cartaxo, que recebe Salvador no centro Cultural local no dia 26, uma sexta-feira, mas onde os bilhetes, a 12 euros, já esgotaram.

Os concertos seguintes, no Centro de Artes de Ovar (dia 27) e Casa da Cultura de Ílhavo (dia 10 de junho), estão esgotados, segundo informações das bilheteiras 'online'.

O mesmo acontece em julho com os espetáculos no Centro Cultural de Belém, em Lisboa (02 de julho), na Casa da Música, no Porto (05 de julho), e Convento de São Francisco, em Coimbra (08 de julho).

Praticamente esgotados estão os concertos no Theatro Circo de Braga a 08 de julho e no Fórum Municipal Luísa Todi, em Setúbal, a 11 de agosto, para o qual existiam hoje cerca de 100 bilhetes disponíveis.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG