O Renascido triunfa nos BAFTA

Academia britânica destaca Di Caprio como ator, Inarritu como realizador e O Renascido no filme do ano

A cerimónia anual dos prémios de cinema da Academia Britânica do Cinema e da Televisão, os BAFTA, elegeu O Renascido. O filme do ano, o realizador do ano e o ator do ano no pleno dos prémios principais, ganhado ainda a melhor sonoplastia e melhor fotografia.

Brie Larson, a protagonista de Room (Quarto, , de Lenny Abrahamson, em exibição), foi eleita a melhor atriz principal. O prémio de melhor atriz secundária foi para Kate Winslet em Steve Jobs. Já o melhor ator secundário foi entregue a Mark Rylance em A Ponte dos Espiões.

O filme de Alejandro Inarritu conquistou cinco prémios na noite britânica da sétima arte. Em segundo lugar em número de prémios ficou Mad Max - Estrada da Fúria, com quatro galardões.

A cerimónia dos BAFTAdecorreu na noite de sábado em Londres, na Royal Opera House. Destacou ainda Divertida-mente, filme de animação da Pixar, realizado por Pete Docter e Ronnie del Carmen como melhor filme de animação e Amy como melhor documentário. Já John Boyega, em Star Wars, foi eleito pelo público como a estrela em ascensão.

Wall Street ganhou o BAFTApara melhor argumento adaptado e Spotlight o melhor argumento original, assinado por Tom McCarthy e Josh Singer.

O BAFTApara Melhor Filme britânico foi para Brooklyn, de John Crowley.

O ator norte-americano Sidney Poitier recebeu o BAFTAhonorífico pela sua contribuição para a indústria cinematográfica, tendo sido fortemente aplaudido na Royal Opera House, onde foi apresentado um vídeo pré-gravado do artista de 88 anos nascido nas Bahamas.

O compositor italiano Ennio Morricone, de 87 anos, conquistou o seu sexto BAFTApela banda sonora original do filme Os Oito Odiados (em exibição), dirigida por Quentin Tarantino.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG