O espectacular regresso de Jerzy Skolimowski

11 Minutos, Jerzy Skolimowski

Em boa verdade, o polaco Jerzy Skolimowski não tinha abandonado o cinema. O certo é que não podemos deixar de celebrar o seu espetacular regresso a uma atividade regular. Aconteceu em 2008, com o perturbante drama Quatro Noites com Anna (uma produção de Paulo Branco), tendo assinado dois anos mais tarde uma subtil reflexão sobre a guerra, com Vincent Gallo, intitulada Essential Killing - Matar para Viver. Agora, Skolimowski parte de um desafio radical: trata-se de encenar uma série de acontecimentos simultâneos, com personagens ligadas por factos ou compromissos mais ou menos enigmáticos, concentrando na duração de uma longa-metragem (com um pouco menos de hora e meia) as convulsões de 11 minutos de vida.

O resultado é tanto mais espantoso quanto a versatilidade narrativa não é, aqui, um fim em si mesmo, antes um processo de revelação das mais inusitadas relações humanas. Em boa verdade, Skolimowski mantém-se fiel a si próprio, fazendo um cinema genuinamente social que não abdica de discutir (e reinventar) as suas linguagens.

Classificação: ***** Excecional

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG