O charme de Samuel L. Jackson

"O Guarda-Costas e o Assassino", de Patrick Hughes

É a buddy action comedy da temporada, com uma trama suficientemente idiota para fazer o espectador concentrar-se no essencial: Samuel L. Jackson e Ryan Reynolds.

A parte narrativa envolve um sanguinário ditador de Leste (Gary Oldman) em julgamento, cujo testemunho de um assassino profissional (Jackson) é a chave para a condenação. Aqui entra Reynolds como guarda-costas do dito sicário, que tem de chegar a horas ao tribunal...

Entre muita ação, explosões e dedicatórias de amor, salva-se o magnetismo tarantinesco de Samuel L. Jackson - com o estimável apoio de Reynolds - que dá uma consistente nota de charme jocoso ao filme.

De resto, a assinatura de Patrick Hughes, que realizou Os Mercenários 3, vem confirmar o seu interesse pelas lendas de um determinado género de cinema.

Num papel secundário, Joaquim de Almeida dá um ar da sua graça.

Classificação: ** (Com interesse)

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG