Morreu Lennart Nilsson, fotógrafo famoso pelos retratos de fetos

"Sou apenas um fotógrafo fascinado pelo ser humano", gostava de dizer Lennart Nilsson, que morreu hoje, aos 94 anos.

O fotógrafo sueco Lennart Nilsson, famoso pelas suas fotografias de fetos, morreu hoje aos 94 anos, anunciou a sua família à agência noticiosa TT.

Fotógrafo de guerra, documentarista e retratista, começou a interessar-se pela macrofotografia a partir dos anos 1950. Em 1959 publicou um livro notável sobre formigas.

Usando endoscópios cada vez mais finos, fixa em filme células e vasos sanguíneos, uma proeza técnica que lhe valeu a capa da revista Life em 1965.

Depois fotografa embriões e fetos humanos. Publicada em 1965, a sua coleção Born (Nascer) continua a ser uma das obras fotográficas mais vendidas em todo o mundo.

A partir dos anos 1970 põe a sua perícia sobre o infinitamente pequeno ao serviço do Instituto Karolinska de Estocolmo, que todos os anos atribui os prémios Nobel científicos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG