MAAT, camping de Abrantes e outros 11 projetos na corrida ao Mies van der Rohe

ARX Portugal e Álvaro Siza competem com dois edifícios cada um. Abrantes tem dois equipamentos, tal como a EDP, com o MAAT e a sua sede. Dos 356 projetos que competem pelo prémio Mies van der Rohe, 13 são portugueses.

Eis a lista dos 13 finalistas portugueses:

1. Mercado de Abrantes, ARX Portugal Arquitectos

2. Casas de Campo no Trebilhadouro, Vale de Cambra, André Eduardo Tavares Arquitecto

3. Escola Secundária Luis de Freitas Branco, Oeiras, Célia Gomes + Pedro Machado Costa
(a.s* atelier de santos)

4. Instituto de Inovação e Investigação Portugal em Saúde, Porto, Serôdio Furtado & Associados

5- Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Angra do Heroísmo, Inês Lobo Arquitectos Lda

6. Camping em Abrantes, Atelier Rua

7. Solar da Porta dos Figos, Lamego, Belém Lima Arquitectos

8. Casa de Oeiras, Pedro Domingos Arquitectos

9. Museu Municipal Abade Pedrosa, Santo Tirso, Álvaro Siza 2 Arquitecto SA e Souto Moura

10. Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), Lisboa, AL_A (Amanda Levete)

11. Centro Socio-Cultural da Costa Nova, Gafanha da Encarnação, ARX Portugal Arquitectos

12. Sede da EDP Portugal, Lisboa, Aires Mateus

13. Museu de Arte Contemporâneo Nadir Afonso, Chaves, Álvaro Siza 2 - Arquitecto SA

Ao atelier da arquiteta Inês Lobo, o Natal chegou mais cedo quando há uma semana soube da nomeação para o prémio Mies Van der Rohe com o projeto da Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Angra do Heroísmo na Ilha Terceira, Açores. "Estamos muito contentes ainda por cima foi uma obra tão demorada e tão complexa", disse ao DN. "Foi uma obra marcante, vê-la nomeada para um prémio tão prestigiante é gratificante", diz a arquiteta, que espera que agora que a nova Biblioteca de Angra do Heroísmo consiga "ir mais longe", ou seja, passar à shortlist dos prémios Mies Van der Rohe. Esta foi a primeira vez que a arquiteta, com atelier em Lisboa, interveio numa malha urbana classificada pela UNESCO como Património Mundial. A Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro foi inaugurada em setembro último.

Um júri selecionará 40 projetos entre os 356 que vão à final. Destes, serão selecionados cinco, que serão visitados durante o mês de abril. A entrega do prémio acontecem a 26 de maio no pavilhão Mies van der Rohe, em Barcelona.

Veja aqui a lista completa dos nomeados.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG