Óscar de Frances McDormand foi roubado

Atriz estava já conformada e pronta a deixar a cerimónia que acontece depois dos Óscares. Fotógrafo parou o homem que roubou a estatueta

Frances McDormand, vencedora do Óscar de melhor atriz principal pelo seu papel em "Três Cartazes à Beira da Estrada", viveu momentos de pânico na cerimónia depois da entrega das mais cobiçadas estatuetas de Hollywood, quando um homem lhe roubou o Óscar que tinha acabado de vencer.

De acordo com Cara Buckley, jornalista do New York Times, que partilhou uma fotografia do homem em questão, este roubou o Óscar e fugiu com ele, tendo sido parado pelo fotógrafo de Wolfgang Puck, cozinheiro australiano que trata da comida para a festa depois da cerimónia de entrega dos prémios.

"A segurança do Governors Ball estão à procura deste homem, que agarrou no Óscar de Frances McDormand e fugiu. O fotógrafo de Wolfgang Puck parou-o e recuperou o Óscar. O homem desapareceu e, aparentemente, Frances disse para o deixarem ir", lê-se no tweet da jornalista.

Aquando do roubo, a segurança começou a trabalhar para tentar recuperar a pequena estátua, já com o nome da atriz gravado, enquanto Frances McDormand, já conformada com a situação e a chorar de forma emocionada, de acordo com o USA Todayi. Já tinha, inclusivamente, decidido ir embora com o marido, o cineasta Joel Coen.

Horas depois, o representante da atriz confirmou também ao jornal norte-americano que a estatueta tinha sido recuperada: "Frances e Óscar estão reunidos e felizes a saborear um hambúrguer".

Recorde aqui tudo o que se passou na cerimónia dos Óscares 2018.

Ler mais

Exclusivos