Inatel recebe "aquecimento" do Festival Músicas do Mundo

António Chainho estreia o ciclo Mundos quinta feira dia 30 de junho com um concerto no parque de Jogos do INATEL, em Lisboa. Às 18.00

A Fundação Inatel e o Festival Músicas do Mundo (FMM) deram início a uma parceria para a divulgação musical que articula tradição e modernidade.

A Gala de Apresentação do Ciclo Mundos realiza-se na Academia da Fundação Inatel, no Parque de Jogos 1º de Maio com António Chainho, Sebastião Antunes e o Grupo Coral de Beja.

No mesmo dia no Teatro da Trindade, às 22.00 atuam Den Sorte, da Dinamarca, e Ana Tijoux, do Chile. No dia 15 de julho seguem-se James "Blood" Ulmer, dos EUA, e Ester Rada de Israel no dia 21 de julho.

Sendo o comunicado da instituição, esta iniciativa reflete e representa os valores e objetivos pelos quais se pauta a atividade do Inatel. A parceria com esta instituição reforça a marca do Festival Músicas do Mundo em Sines junto de novos públicos e um apoio à realização do evento.

Até ao final do ano o cartaz do Ciclo Mundos promete trazer mais novidades.

No dia 4 de agosto Canzoniere Grecanico Salentino atuam no ciclo. Grupo criado pelo escritor Rina Durante em 1975, considerado atualmente o mais antigo grupo de música tradicional.

Jambinai sobe ao palco no dia 11 de agosto. Um dos propósitos para a criação da banda incidiu na vontade dos membros de comunicar com as pessoas que normalmente não ouvem música tradicional coreana e trazê-la ao palco sob uma nova roupagem.

Para o dia 18 de agosto, Ballaké Sissoko & Vinant Ségal, atuam no ciclo.

Songhoy Blues apresentam a sua música no dia 25 de agosto. A essência desta banda é a música caseira e a dança do Mali, assim como os heróis da África Ocidental.

Em setembro, no dia 8 cantam Kayhan Kalhor & Toumani Diabaté. E para terminar, Metá Metá atuam no dia 15.

Os bilhetes custam 15 euros, o passe para três dias 35 euros.

Exclusivos