Feira do Livro do Porto homenageia José Mário Branco

O cantor e compositor José Mário Branco é o homenageado na Feira do Livro do Porto deste ano. Completa 50 anos de carreira.

A Câmara do Porto decidiu transformar os cinquenta anos de carreira do cantor José Mário Branco em motivo de celebração e será o homenageado da próxima Feira do Livro a realizar em setembro. Durante o evento serão várias as atividades em torno da sua obra, desenvolvidas em várias atividades culturais e de animação.

O cantor portuense terá também o seu nome gravado na Avenida das Tílias, nos Jardins do Palácio de Cristal, onde já se encontram figuras como Vasco Graça-Moura, Agustina Bessa-Luís, Mário Cláudio e Sophia de Mello Breyner Andresen.

José Mário Branco é uma das vozes e figuras mais emblemáticas da liberdade conquistada aquando da Revolução de 1974. Nasceu no Porto em 1942, cursou Economia e História, depois de ter abandonado o estudo do violino, e intitulou o seu primeiro LP, de 1971, com um verso de Camões - "Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades". Foi exilado político, produtor e responsável pelos arranjos em Paris de discos de Sérgio Godinho e José Afonso, além de uma vasta produção discográfica própria.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG