Exposição em Lisboa presta homenagem a David Bowie

A exposição-tributo, da autoria de Beezy Bailey e Brian Eno, será inaugurada no dia 15 de março na Perve Galeria, em Alfama, onde estará até 28 de maio.

A exposição O Som da Criação, de Beezy Bailey e Brian Eno, uma homenagem dos dois criadores ao músico David Bowie, é inaugurada na próxima terça-feira, dia 15 de março, na Perve Galeria, em Alfama, Lisboa. De acordo com a informação avançada pela galeria, a dupla marcará presença e Beezy Bailey irá realizar uma performance inédita que contará com a colaboração de vários cantores portugueses.

Inicialmente criada para ser exposta no Conservatório de Música de Veneza, onde esteve durante a Bienal de Veneza de 2015, a exposição foi reorganizada para agora ser apresentada em Portugal. Com 40 obras, a mostra é da autoria do artista plástico sul-africano Beezy Bailey e do músico, produtor, compositor e também artista plástico Brian Eno, com quem David Bowie, para além de uma relação de amizade, manteve uma colaboração a nível musical e ao nível das artes. Algumas das pinturas são acompanhadas por músicas (criadas especificamente para esta exposição), de maneira a tornar "a pintura audível".

Apesar de ser uma faceta menos conhecida do músico, David Bowie era um amante da arte tendo colecionado e criado ao longo da sua vida inúmeras obras, especialmente a partir dos anos 70 quando, segundo o biógrafo Christopher Sandford, começou a sentir necessidade de se expressar de outras maneiras que não apenas musicalmente. Os seus quadros são acima de tudo pós-modernistas.

O Som da Criação, pinturas sonoras de Beezy Bailey e Brian Eno é inaugurada no mesmo dia em que se comemoram os 16 anos da instalação do Coletivo Multimédia Perve, a galeria onde será exposta, e encerra a 28 de maio.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG