Estas são as únicas duas pessoas do mundo que já sabem quem vai ganhar um Óscar

Os votos começaram a ser contados na terça-feira, data em que acabou o prazo para os cerca de 7000 membros da Academia votarem

A cerimónia dos Óscares é seguida por milhões em todo o mundo e quase todos sabem que o mais importante vem a seguir à frase "and the Oscar goes to"... Mas apenas duas pessoas conhecem a resposta antes de os apresentadores lerem os nomes: Martha Ruiz e Brian Cullinan.

Ruiz e Cullinam são os funcionários da consultora PwC (Pricewaterhousecoopers) que têm a missão de contar os votos, recebidos por correio ou através da internet, e apurar os resultados finais. Parte fundamental do trabalho é manter os nomes secretos até ao momento da cerimónia: são eles que levam os envelopes até ao Teatro Dolby e são eles que os entregam aos apresentadores.

Ruiz, que fez este trabalho pela terceira vez, conta à BBC que um dos momentos que mais aprecia é a viagem até ao Teatro Dolby, quando toda a gente está a tentar adivinhar os vencedores e ela já sabe exatamente quem são. E garante que nunca conta nada a ninguém - nem quem ganha, nem quem fica em segundo e quão perto ficou.

Os votos começaram a ser contados na terça-feira, data em que acabou o prazo para os cerca de 7000 membros da Academia votarem. A contagem é feita à mão, com a ajuda de outros quatro colegas, mas só Ruiz e Cullinam têm acesso a toda a informação. E ficam longe dos computadores para evitarem ser alvo de pirataria, explica a contabilista à BBC.

Os resultados finais são conhecidos esta sexta-feira e metidos nos envelopes, a duplicar. Cada um fica com um conjunto de envelopes e até tem proteção policial.

Este é 83.º ano em que a PwC é responsável pela contagem dos votos, segundo informação revelada pela empresa, e em todos este anos houve apenas outras 12 pessoas envolvidas nesta missão. Ruiz é a segunda mulher e a primeira latina a participar, sublinha a empresa. Para Cullinam é o quarto ano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG